fbpx

Curso Baralho Dama da Noite e seu Cabaré

Início/BARALHOS/Curso Baralho Dama da Noite e seu Cabaré

Curso Baralho Dama da Noite e seu Cabaré

R$170,00

Assim nasce as denominações de Bruxas, Pombo giras ou simplesmente Rainhas.

 

Em determinadas épocas do ano, sacerdotisas e mulheres de todas as classes sociais uniam-se sexualmente a reis, sacerdotes ou a estranhos.

 

Para os povos antigos, a lua era andrógina, como disse Plutarco, “chamar-se a Lua (Artemis) a mãe do universo cósmico; ela possui uma natureza andrógina”. Na Babilônia, o deus-lua Sin é andrógino e quando foi substituído por Ishtar, esta conservou seu caráter de androgismo. Igualmente no Egito, Ísis é denominada Ísis-Neit, enquanto andrógina.

 

Pelo mesmo fato de a lua ser andrógina, o homem-lua, cujo representante na terra era o rei ou o chefe tribal, passava a primeira noite de núpcias com a noiva, a fim de provocar a fertilização dela, da tribo e da terra. O fato de todos dependerem dos préstimos da lua para a propagação da espécie, da fertilização dos animais e das plantas, enfim, da boa colheita anual, em todos os sentidos, é que provocou, desde a mais remota antiguidade, um tipo especial de hieròs gámos, de casamento sagrado, uma união sagrada, de caráter impessoal.

 

Trata-se das chamadas hierodulas, literalmente, “escravas sagradas”, porque adjudicadas, em princípio, a um templo, ou ainda denominadas “Sacerdotisas Sagradas”.

Descrição

DAMA DA NOITE

E AS DAMAS DO SEU CABARÉ

 

Prostituição e Sagrado

Assim nasce as denominações de Bruxas, Pombo giras ou simplesmente Rainhas.

 

Em determinadas épocas do ano, sacerdotisas e mulheres de todas as classes sociais uniam-se sexualmente a reis, sacerdotes ou a estranhos.

 

Para os povos antigos, a lua era andrógina, como disse Plutarco, “chamar-se a Lua (Artemis) a mãe do universo cósmico; ela possui uma natureza andrógina”. Na Babilônia, o deus-lua Sin é andrógino e quando foi substituído por Ishtar, esta conservou seu caráter de androgismo. Igualmente no Egito, Ísis é denominada Ísis-Neit, enquanto andrógina.

 

Pelo mesmo fato de a lua ser andrógina, o homem-lua, cujo representante na terra era o rei ou o chefe tribal, passava a primeira noite de núpcias com a noiva, a fim de provocar a fertilização dela, da tribo e da terra.

O fato de todos dependerem dos préstimos da lua para a propagação da espécie, da fertilização dos animais e das plantas, enfim, da boa colheita anual, em todos os sentidos, é que provocou, desde a mais remota antiguidade, um tipo especial de hieròs gámos, de casamento sagrado, uma união sagrada, de caráter impessoal.

 

Trata-se das chamadas hierodulas, literalmente, “escravas sagradas”, porque adjudicadas, em princípio, a um templo, ou ainda denominadas “Sacerdotisas Sagradas”.

 

Informação adicional

Peso 300,00 g
Dimensões 11 × 6 × 10 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Curso Baralho Dama da Noite e seu Cabaré”

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Título

Ir ao Topo